Uniforme de escolas municipais exibe campanha contra trabalho infantil

 O Ministério Público do Trabalho renovou formalmente Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Campina Grande para dar continuidade ao Programa MPT na Escola. O prefeito Romero Rodrigues e a secretária de Educação do Município, Verônica Bezerra, assinaram o acordo, durante solenidade que marcou o reinício das aulas da rede municipal de ensino, na última terça-feira.

 
Crianças de escolas públicas municipais ganharam novo fardamento com mensagem alusiva ao combate ao trabalho infantil, como vem sendo feito há dois anos. O fardamento traz a seguinte mensagem: “Trabalho infantil? Tô fora, tô na escola”. O procurador do Trabalho Marcos Antônio Almeida informou que em Campina Grande 4.138 crianças e adolescentes de 10 a 17 anos de idade estão em situação de trabalho, segundo o Censo do IBGE de 2010.
 
"A escola é, por sua própria natureza, um espaço de transformação social. Por isso, o combate ao trabalho infantil deve, necessariamente, ser debatido dentro de sala de aula", comentou o procurador. Segundo ele, a renovação da parceria celebrada só reforça o esforço contínuo do MPT em combater o trabalho infantil na cidade.
 
Este ano o programa será ampliado, já que as escolas dos distritos de Galante e São José da Mata também serão contempladas. O MPT também disponibilizará para os estudantes da rede municipal de ensino de Campina Grande games digitais educativos que estão sendo elaborados pelo curso superior de Jogos Digitais da Facisa. Os games serão usados nos tablets a serem distribuídos pela Secretaria de Educação ainda este ano.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.