Três mulheres são presas transportando crack e cocaína em táxi

Três mulheres foram presas ontem à noite pela Polícia Federal na Paraíba transportando drogas em um mesmo táxi, um Vectra com placas de Natal, capital do Rio Grande do Norte. As detenções se deram depois do repasse de denúncias anônimas aos policiais. O primeiro flagrante se deu por volta das 20h30 na BR 101, Km 65, na altura do município de Mamanguape. Duas mulheres residentes em Cabedelo – uma de 20 e outra de 19 anos – cujos nomes não foram revelados, estavam conduzindo 500 gramas de crack do Rio Grande do Norte com destino a João Pessoa.

O mais curioso é que cerca de uma hora depois, por volta das 21h30, o mesmo táxi voltou a ser abordado pelos policiais rodoviários federais em Bayeux e mais uma vez foram encontrados entorpecentes em seu interior. Desta vez, a presa foi uma mulher de 34 anos natural de Pombal. Com ela, estavam 2,2 kg de cocaína.

Após a prisão, as mulheres foram conduzidas até a Superintendência da Polícia Federal, autuadas em flagrante e incursas nos artigos 33, 35 e 40 Inciso V, da Lei 11.343/2006 (Tráfico de Drogas). As presas, após a lavratura do flagrante, foram encaminhadas para o presídio feminino da capital, onde permanecerão à disposição da justiça. Elas responderão por tráfico de drogas. As duas presas em Mamanguape terão dois agravantes, já que a detenção conjunta supõe associação para o tráfico, além de terem levado drogas de um Estado para outro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.