Três casos de reinfecção pelo novo coronavírus são investigados na Paraíba

 

Três casos de reinfecção pelo novo coronavírus estão sendo investigados na Paraíba. A Secretaria de Saúde informou ao ParlamentoPB que os três casos investigados são de João Pessoa e tem swab (teste do cotonete no nariz) “detectavel” com intervalo de pelo menos 3 meses entre um e outro.

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, disse, entretanto, que não há motivos para a população se apavorar.

“São casos raros e a maioria dos que são analisados não preenche os pré-requisitos que o Ministério da Saúde exige”, garantiu o secretário.

Segundo Geraldo Medeiros, o paciente tem de ter realizado no primeiro e no segundo caso o teste do swab nasal.

“Depende de uma série de fatores, do modo como foi coletado esse material, do tipo de teste, da qualidade desses testes. Alguns pacientes que têm Covid-19 eles persistem meses com partículas virais, que podem dar uma falsa impressão de ser um caso de reinfecção. É um diagnóstico ainda controverso e que requer todo um pré-requisito para serem estudados”, ressaltou.

Na última quarta-feira (4) o padre Roberto Couras, da Paróquia São Judas Tadeu, no bairro da Torre, em João Pessoa, informou que estava de novo com coronavírus. O caso dele, entretanto, não figura entre os três que estão sendo investigados.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.