Traficante é preso por vender cocaína adulterada e exigir documentos de inadimplentes

Um suspeito de tráfico de entorpecentes foi preso ontem de manhã no bairro do Araxá em Campina Grande em uma abordagem da Delegacia de Roubos e Furtos. Com Ednamerico José dos Santos, mais conhecido como “Mei Mei” foram apreendidos 500 gramas de cocaína e vários documentos de pessoas que compravam a droga “fiado”. Era uma espécie de garantia de que os inadimplentes honrariam o compromisso depois.

A Polícia informou que Ednamerico foi preso porque as investigações apontaram que ele era o responsável pelo abastecimento de cocaína em diversos bares de Campina Grande.

A “qualidade” da cocaína vendida por ele, contudo, era comprometida pela adição de outras substâncias que faziam a droga render mais.

O suspeito passará por audiência de custódia na tarde de hoje e caberá ao juiz decidir se ele será encaminhado a um presídio ou se será posto em liberdade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.