Trabalhador ganha site para acompanhar conta do FGTS

O trabalhador brasileiro ganhou uma nova ferramenta para auxiliá-lo no acesso e na fiscalização dos dados do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O Ministério do Trabalho e Emprego e a Caixa Econômica Federal lançaram o endereço eletrônico do FGTS (www.fgts.gov.br).
O ministro Carlos Lupi, que preside o Conselho Curador do FGTS, ressaltou, em entrevista à Agência Brasil, que a iniciativa é importante para o trabalhador acompanhar a movimentação de sua conta. Por meio do site, ele poderá verificar o rendimento e o saldo do seu FGTS. “Saber, por exemplo, como está sendo aplicado o dinheiro do fundo, em que obras, em que estado”.
O empregador também terá noção de como anda a sua empresa e se ela está em dia com as contribuições. “Essa página dá transparência total a todo tipo de atuação dos recursos do FGTS com seu agente operador, que é a Caixa Econômica Federal”, afirmou Lupi.
O vice-presidente de Fundos e Loteria da Caixa, Wellington Moreira Franco, reiterou que o site do FGTS é importante para a sociedade em geral, porque “você poderá saber sobre a arrecadação, sobre o volume de saques, sobre o funcionamento da conta do trabalhador, além das obras que estão sendo financiadas nas áreas de habitação e saneamento pelo Fundo de Garantia. Enfim, são informações preciosas para administrar a conta do trabalhador, para fiscalizar o pagamento que é feito pelo empregador”, disse.
Até quinta (29), a arrecadação bruta do FGTS em 2009 alcançou R$ 18,281 bilhões, com saques de R$ 16,488 bilhões. O ministro do Trabalho manifestou a expectativa de que a arrecadação do FGTS vai aumentar este ano. “Nós já passamos pelo pior momento (da crise). Abril já reagiu bem e, em maio, reagirá melhor ainda. Eu tenho certeza de que, neste ano, o FGTS terá uma grande elevação no aporte de recursos”.
Lupi não tem, entretanto, nenhuma estimativa. Explicou que a arrecadação do fundo depende do número de trabalhadores empregados. “O FGTS trabalha muito vinculado à empregabilidade. Crescendo a empregabilidade, cresce o FGTS. Como já está crescendo a empregabilidade, vai crescer, com certeza, o FGTS”, afirmou.

Agência Brasil

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.