Tião Gomes se licencia e Mikika Leitão assume

O deputado estadual Tião Gomes (PSL) anunciou, ontem, que vai tirar licença das atividades na Assembleia Legislativa da Paraíba, por um período de cinco meses, para tratar de assuntos particulares. Nesse período, quem assume a titularidade do mandato é o primeiro suplente do PSL, Mikika Leitão, irmão do ex-deputado federal Inaldo Leitão e pai do vereador pessoense Felipe Leitão (PP).

Apesar da aliança histórica, Tião Gomes, presidente estadual do PSL, garantiu que a base aliada do governador Ricardo Coutinho (PSB), não sofrerá nenhum desfalque no Poder Legislativo Estadual com o ingresso de seu suplente. Segundo ele, Mikika, tido com o aliado histórico do ex-governador José Maranhão (PMDB), vem trabalhando dentro das diretrizes partidárias, visando o crescimento da legenda na Paraíba.

“Como tenho que resolver problemas particulares, resolvi tirar licença. Tenho certeza de que o partido estará bem representado em minha ausência porque Mikika tem demonstrado dedicação e fidelidade aos princípios partidários”, afirmou Tião Gomes. O parlamentar disse, ainda, que vem procurado prestigiar os partidários para fortalecer cada vez mais o PSL na Paraíba. Além disso, garantiu que seu substituto dará apoio integral ao governador Ricardo Coutinho, mesmo tendo votado em José Maranhão para o Governo do Estado nas eleições passadas. “Nossa bancada não sofrerá desfalque com minha ausência. Mikika, como eu, sabe que as eleições passaram e agora temos que apoiar um governo que vem trabalhando em favor dos paraibanos”, afirmou Gomes.

Mikika Leitão, que vai assumir pela primeira vez o mandato de deputado estadual, disse que foi pego de surpresa com a notícia e ficou feliz. Ele revelou que sempre sonhou em ser parlamentar e quer aproveitar o máximo a oportunidade, com muito trabalho. O futuro parlamentar, que deve assumir a titularidade do mandato na próxima segunda-feira, assim que sair a publicação do pedido forma de licença de Tião Gomes a convocação do suplente, disse que irá honrar o presidente do seu partido, atuando como integrante da bancada governista.

“Sempre votei em José Maranhão, todo mundo sabe disso. Mas estou tendo a oportunidade de assumir o mandato, com integrante da base do governador Ricardo, a qual o presidente do meu partido faz parte, por isso serei leal a ele”, declarou Mikika Leitão.

Nas eleições de 2010, Mikika ficou como primeiro suplente do PSL com 17.999 votos. Por telefone, ele declarou que essa oportunidade de assumir o mandato por cinco meses será de fundamental importância e que pretende trabalhar nesses cinco meses, como se fossem quatro anos. “Vou trabalhar muito. Buscando fazer muito pela Paraíba e pelos paraibanos, nesses próximo cinco meses”, afirmou.

Correio da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.