Onivaldo Júnior

Onivaldo Júnior é formado em Jornalismo e Música pela Universidade Federal da Paraíba, com mestrado em Educação Musical também pela UFPB. Professor particular de canto, professor de Artes em duas escolas do Município de João Pessoa e maestro do Mosaico Coral.


The Voice Kids e uma Paraíba orgulhosa

Quem está acompanhando a temporada 2018 do The Voice Kids, na Rede Globo, certamente já viu e se encantou com o talento dos pequenos, oriundos das cinco regiões do país. Só na Paraíba, três meninas viraram as cadeiras dos técnicos e mostraram um poder vocal que impacta, considerando-se às idades das intérpretes.

No primeiro domingo da segunda fase do programa, dia 18/02, em que três kids “batalham” por uma vaga na etapa seguinte, a Paraíba vibrou ao ver Eduarda Brasil, de São José de Piranhas, conquistar as técnicas Simone & Simária, cantando um dos mais recentes sucessos das feminejas: “126 Cabides”. Demonstrando uma excelente habilidade vocal, aliada a uma boa presença de palco e inegável interpretação, Eduarda era a escolha óbvia das técnicas, obscurecendo as outras duas oponentes, mesmo ante o esforço que cada uma vez pra mostrar serviço e seguir adiante no programa!

No mesmo episódio, Ranna Andrade, vinda de Guarabira, mostrou que sua voz de contralto deu firmeza e, ao mesmo tempo, naturalidade à interpretação da música “Deixo”, de Ivete Sangalo, fazendo com que seu técnico, Carlinhos Brown, a escolhesse, mesmo reconhecendo a grandeza na apresentação das outras duas concorrentes. Não bastasse a competência vocal da cantora, ela ainda conseguiu levantar a plateia a cada vez que solava, mostrando que a escolha do técnico seria bem recebida pelo público. E foi mesmo: Ranna deu muito o que falar nas redes sociais após essa batalha.

No episódio exibido ontem, a pequena Mariah Yohana, nascida em Cruz do Espírito Santo, mas cidadã de João Pessoa desde a primeira infância, manteve a proposta de defender um repertório pertencente ao universo infantil. Ela cantou “Narizinho”, tema gravado também por Ivete Sangalo na versão do Sítio do Pica-pau Amarelo produzida na década de 2000. Mariah, em sua apresentação, mostrou carisma, técnica vocal, originalidade e muito talento, também despertando a preferência da plateia e do técnico, Carlinhos Brown, que evidencia os valores musicais incorporados no estilo inocente e bem sucedido da caçulinha desta temporada! Mariah também conquistou fãs no país inteiro por levar músicas infantis de décadas passadas, encantando as crianças de outrora e as de hoje, construindo uma boa base de público para votar nela na próxima fase, que será ao vivo!

Os fãs do programa se orgulham do nível elevado da competição, atualmente. Os paraibanos, ainda, pela excelente representatividade nas mãos e nas vozes de nossas kids preferidas! Aqui revelo meu orgulho particular por Mariah, que faz aulas de canto comigo há pouco mais de dois anos. Apesar de pequenina, Mariah cresceu muito, vocalmente falando, após cada etapa do programa! Já tem um repertório de mais de 20 músicas, parte das quais foi apresentada ao vivo, ontem mesmo, num pocket show da estrelinha após a exibição do programa que mostrou sua batalha.

Vai, Eduarda! Vai, Ranna! Vai, Mariah! Vocês merecem todo o sucesso do mundo e as portas que se abrem pra vocês! A torcida permanece para as próximas etapas!

4 comentários

  • Josilene Melo
    14:20

    Estou torcendo sim por Mariah, talento tem que ser reconhecido e antes disso o maestro Onivaldo, já sabia do encanto e talento. O Mosaico Coral se encantou com Mariah nas participações dela em nossas apresentações. Agora coração a mil ❤.
    #mariahyohana
    #thevoicekids

  • Danyelle
    14:20

    As garotas estão encantando o nosso País e mostrando que a Paraíba tem muito talento a ser revelado. Vamos nos unis na torcida por estas guerreiras e votar muito em prol delas no próximo domingo.

  • Cybelle Gesteira
    14:20

    Sou da geração do Balão Mágico , do Trem da Alegria e lembro-me da felicidade que era ouvir esses grupos. Éramos crianças. Hoje tenho uma filha de 11 anos que não tem opções de música infantil.
    Quando Mariah entrou no palco cantando Chocolate, e com uma voz infantil, eu decidi torcer por ela, que além de talentosa é muito carismática. Ontem, a apresentação da música Narizinho, mas, uma vez destacou-se a pureza dela, e a delicadeza de ser realmente criança.
    Lindo ver a Paraíba tão bem representada por Eduarda Brasil, que é um furacão no palco. Ranna Andrade e sua interpretação segura.
    Mas, o universo musical infantil precisa de uma verdadeira representante como Mariah Yohana, para que nossas crianças possam voltar a ser crianças.
    Vai Mariah!!!!

  • Andréa
    14:20

    Que essas pérolas paraibanas continuem a alçar voos cada vez mais altos em busca de concretizar seu sonho musical!

Comentários