Técnico da Codata é o novo presidente da empresa

Pela primeira vez, durante os 34 anos na sua história, a Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata) tem um profissional e técnico de seu quadro dirigindo a empresa. Trata-se do analista de sistemas George Henriques de Sousa, que ingressou na Codata através de concurso público, em 1998. George é o 12º presidente e assumiu a gestão na última segunda-feira.

Além de tecnologia em processamento de dados, George tem  graduação em arquitetura e pós-graduação em gestão pública pela UEPB. Já exerceu o cargo de chefe do Núcleo Técnico de Informática da Secretaria de Saúde do Estado, de 1999 a 2002, e desde 2003, o de diretor de Informática da Assembléia Legislativa da Paraíba.

Para George Henriques, dirigir a Codata significa uma honra e a oportunidade de fazer o melhor pela prosperidade da empresa. “Afinal é aqui que continuarei, quando deixar a direção”, enfatizou.
 
Codata –  A Companhia de Processamento de Dados da Paraíba, representada também pela sigla Codata, autorizada pela Lei nº 3.863, de 29 de outubro de 1976, é uma sociedade por ações, economia mista de direito privado, sendo o maior acionista o Governo do Estado, vinculada à Secretaria de Estado da Administração, segundo a Lei Complementar nº 67/2005. Foi criada com o propósito, de prestar serviços de informática aos órgãos centralizados e descentralizados que integram a Administração Pública Estadual.

Administrada por um conselho de Administração e por uma Diretoria Executiva, a Codata é composta de um Diretor Presidente e dois Diretores, um Técnico e outro Administrativo/Financeiro, com poderes e atribuições definidos em lei e pelo devido estatuto.

Tem como missão prover soluções, através da tecnologia da comunicação e informação, que contribuam para a modernização da Administração Pública e a excelência no atendimento ao cidadão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.