Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

TCE manda o Governo do Estado suspender 4 licitações na Saúde

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) decidiu determinar ontem a suspensão cautelar de quatro processos de licitação do Governo do Estado na área da saúde. A decisão foi tomada após analisar diversas reclamações formalizadas por empresas que tentaram participar das concorrências e não conseguiram se enquadrar nas exigências específicas impostas pela Comissão de Licitação do Governo do Estado. Relator dos processos, o conselheiro Fernando Catão crê que os pregões foram realizados de forma a beneficiar determinado grupo de participantes.

De acordo com as reclamações das empresas Móveis Andrade Indústria e Comércio Hospitalares Ltda. e Multivendas Eletromóveis, o governo estaria criando imposições que afunilam o processo e beneficiam assim poucas participantes.

Conforme o conselheiro Fernando Catão, a suposta atuação do Estado “foge do espírito do pregão”, que visa justamente uma maior participação de empresas no processo de concorrência pública. “Essa conduta não é amparada pela lei”, garante ele.

Após determinar a suspensão cautelar, o Tribunal de Contas do Estado está analisando minuciosamente os editais para, a partir daí, notificar o governo estadual para apresentação da defesa. Depois dessa fase, o Pleno do TCE  deve julgar o caso.

Os pregões suspensos por recomendação do conselheiro Catão dizem respeito à aquisição de vários itens: mobiliário médico-hospitalar (nº 229/09), material permanente diversos (244/09 ), compra de material permanente hospitalar (nº 243/09) e compra de material permanente para cozinha hospitalar (mobiliário, equipamentos, eletros e utensílios), de  234/09.

Bira – Já o processo referente ao pregão nº 231 do Governo do Estado, denunciado pelo vereador Bira Pereira (PSB), de João Pessoa, por suposta prática de superfaturamento e direcionamento da licitação, para compra de equipamentos hospitalares, deverá ficar pronto no início da próxima semana.

Na última terça-feira,  Bira trouxe a público documentos que comprovam ter havido irregularidades, superfaturamento e direcionamento em pregões realizados em favor da Secretaria de Saúde do Estado no atual governo.

Ontem, o vereador formalizou denúncia junto ao Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado, com cópias do dossiê que serviu de base para a sua denúncia na tribuna da Câmara.

Governo – O Governo do Estado comunicou que já cumpriu a determinação da corte e suspendeu os processos licitatórios, mas disse que só vai se pronunciar sobre o assunto após a análise dos editais feita pelo tribunal.

De acordo com o presidente do TCE, conselheiro Nominando Diniz, uma vez determinada a suspensão cautelar, o ordenador de despesas está obrigado a não dar prosseguimento ao processo, sob pena de responder por crime de improbidade.

O presidente ainda explicou que o tribunal possui uma Divisão de Auditoria própria para analisar os processos licitatórios de contratos e convênios. Quando a equipe técnica detecta alguma irregularidade ou ilegalidade por parte dos jurisdicionados, o processo é encaminhado para o relator, que pode, através de medida cautelar, suspender o processo para apresentação de defesa e adequação.

“Todas as vezes que a auditoria entende que há necessidade de suspender aquele processo que está em andamento, encaminha o processo ao relator. O TCE tem atuado de forma cautelar para que não aconteça o procedimento.  É chamado aos autos para o jurisdicionado explicar as razões por que publicou aquele edital e consequentemente isso será julgado pela Câmara ou pelo Pleno”, explicou Nominando Diniz.

Jornal da Paraíba
 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

zezo rai saia rodada luan

São João de Bananeiras tem Xand Avião, projeto A Vontade e outras atrações

gate policia militar pb

Operação prende em João Pessoa um dos criminosos mais procurados da Justiça do Amazonas

Brasília - 22.05.2023 - Foto da Fachada do Congresso Nacional, em Brasília. Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil

Lula classifica de insanidade proposta que equipara aborto a homicídio

reporter mauricio ferraz

Fantástico repercute desabamento no Up Garden, em João Pessoa, que deixou 44 feridos

celular FOTO Pixabay

Jovem é morto em SP após ir a encontro marcado por aplicativo

lula presidente FOTO ricardo stuckert presidencia da republica

Brasil está pronto para acordo Mercosul e União Europeia, diz Lula

janones deputado FOTO renato araujo camara dos deputados

STF tem maioria para tornar Janones réu por postagens contra Bolsonaro

carretas pegam fogo br101 mamanguape 140624

Carreta que pegou fogo na PB continua na rodovia, parcialmente interditada, e motorista morre no hospital

henrique e juliano FOTO insta

Henrique e Juliano se apresentam no São João de Campina Grande, neste sábado

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 47 milhões