TCE diz que prefeito e ex-prefeitos de Cabedelo foram só multados

O Tribunal de Contas do Estado explicou, nesta segunda-feira, 9, que o atual prefeito de Cabedelo, José Francisco Régis e seu antecessor, José Farias Ribeiro Júnior, foram apenas multados no processo 07325/01, que trata da licitação modelo concorrência 01/01, feita pela Prefeitura Municipal.

Segundo o TCE, relatório da auditoria e o parecer do Ministério Público Especial apontaram irregularidades na licitação para contratação de serviços de limpeza urbana e imputaram débito de R$ 408.170,57, sendo R$ 321.607,69 ao ex-prefeito José Ribeiro Farias Júnior e R$ 86.562,88 ao atual, José Francisco Régis.

Mas em seu voto, aprovado pela unanimidade dos integrantes da 2ª Câmara Deliberativa, o conselheiro substituto Marcos Antonio da Costa optou apenas por multá-los em R$ 1,5 mil, cada, pelas irregularidades apontadas.

A 2ª Câmara julgou regular com ressalvas o processo licitatório, fixando um prazo de trinta dias para recolhimento dos valores referentes à multa aplicada. 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.