Taxista agride motorista que chamava passageiros e dizia ser do Uber no aeroporto

Uma confusão foi registrada no Aeroporto Castro Pinto na última sexta (16) envolvendo um taxista e um motorista que dizia ser do Uber. Só hoje um vídeo foi divulgado com o registro da briga. O motorista estava chamando passageiros e foi agredido por um taxista.

Em entrevista ao ParlamentoPB, o presidente da Associação dos Motoristas de Transporte Privado Individual da Paraíb (AMTPI), Paulo Queiroz, disse que o fato aconteceu hoje pela manhã e, segundo informações que ele teria recebido, o taxista teria se irritado com a presença do motorista que se dizia do aplicativo.

Paulo disse que não há confirmação se o motorista realmente é do aplicativo, mas disse que, se ele realmente for, a partir do momento em que ele saiu do veículo para chamar passageiro ele não está agindo como um motorista do Uber.

“Ele pode até ser do Uber, mas a partir do momento que ele sai do carro para chamar passageiro ele deixa de ser do aplicativo e age como um motorista alternativo”, declarou.

Entretanto, destacou o presidente da AMTPI, nada justifica a forma agressiva como o taxista tratou o motorista. “Embora não concorde com o que este rapaz fez, em chamar passageiros no aeroporto, nada, absolutamente nada, justifica qualquer tipo de violência a quem quer que seja, inclusive os alternativos”, frisou.

Comentários