Adido militar rompe com Maduro e declara apoio a Guaidó

O coronel José Luís Silva Silva, que era o adido militar da embaixada do país em Washington, rompeu com Nicolás Maduro e declarou apoio