Justiça obriga banco a pagar R$ 400 mil a funcionário por presente de aniversário vexatório

A Primeira Turma de Julgamento do Tribunal do Trabalho da paraíba (13ª Região) decidiu acompanhar o voto do relator, desembargador Paulo Maia e negar