Ex-prefeito de Puxinanã é condenado por Improbidade Administrativa

A juíza substituta Carmen Helen Agra de Brito julgou procedente o pedido nos autos da Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa nº