ALPB discute em sessão corte no Mais Médicos que atinge 274 mil paraibanos

Cerca de 274 mil paraibanos correm o risco de ficar sem atendimento médico com o encerramento das atividades de 80 profissionais contratados através do