Juíza decreta segredo de Justiça nas investigações sobre morte da pernambucana Patrícia Roberta

  A juíza Virgínia de Lima Fernandes, da Vara de Execução de Penas Alternativas de João Pessoa, decretou sigilo nas investigações do caso envolvendo

Assassinato de Patrícia envolve elementos “estranhos, ocultos e malignos”, diz delegada

  A morte da estudante pernambucana Patrícia Roberta é "margeada de elementos estranhos, ocultos e malignos". Foi o que declarou nesta quarta-feira a delegada