Assange é acusado de usar embaixada como centro de espionagem

O presidente do Equador, Lenín Moreno, acusa o cofundador da WikiLeaks, Julian Assange, de tentar criar um “centro de espionagem “ na embaixada do

Moreno diz ter negociado condições para entregar Assange

Em um vídeo divulgado na manhã de hoje (11), o presidente do Equador, Lenín Moreno, informa que negociou com autoridades da Grã-Bretanha as condições