Coordenadora de festival denuncia calote e prefeitura alega que contrato é nulo por “fraude”

Uma polêmica foi estabelecida em Campina Grande desde que a coordenadora do Festival de Inverno, Myrna Maracajá, denunciou ter sofrido um calote por parte