Despachante que inseriu dados falsos no sistema do Detran é condenado a 7 anos de reclusão

Acusado de inserir dados falsos no sistema de informações do Detran, Flávio Carneiro Guedes, que atuava como despachante, foi condenado a uma pena de