Suspeito de morte de Celso Daniel foge de prisão em SP

Réu no processo pelo sequestro e morte do prefeito de Santo André (ABC) Celso Daniel (PT), Elcid Oliveira Brito, conhecido como John, fugiu de uma prisão na região oeste do Estado de São Paulo no dia 3 de agosto.

O prefeito Celso Daniel foi sequestrado em 18 de janeiro de 2002, na zona sul de São Paulo, e seu corpo foi encontrado dois dias depois.

Brito estava preso por formação de quadrilha e cumpria pena de sete anos na Penitenciária de Flórida Paulista (592 km de São Paulo).

Ele conseguiu progressão para o regime semiaberto e, em 3 de agosto, fugiu do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Pacaembu (603 km de São Paulo). A fuga só foi detectada no dia seguinte.

Brito é considerado pelo Ministério Público Estadual peça fundamental no caso da morte de Daniel.

Até ontem, foto e demais dados de Brito não constavam na lista de procurados que a Polícia Civil de São Paulo tem em seu site.

O réu havia conseguido o direito de aguardar o julgamento pelo crime contra o prefeito –que deveria ter ocorrido em 3 de agosto, mas foi transferido para 18 de novembro– em liberdade.

Os oito réus são acusados de sequestro, formação de quadrilha e homicídio triplamente qualificado.

Folha Online

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.