Suassuna tomará posse terça, admite ser “bolsonarista” e quer reunião com João Azevêdo

O empresário Ney Suassuna (Republicanos) ainda estava na Paraíba nesta quinta-feira, 24, mas viaja amanhã para Brasília onde vai apresentar a documentação requerida para a posse como senador. Ele vai assumir na vaga deixada pelo titular, Veneziano Vital do Rêgo (PSB), que vai se dedicar às campanhas eleitorais, dentre as quais a da esposa, que concorre à prefeitura de Campina Grande. Ney admitiu que votou no presidente Jair Bolsonaro e que é “bolsonarista”, mas afirmou que suas posturas serão “sempre em defesa da Paraíba”.

Entre as medidas que deve tomar com prioridade ele citou a solicitação de uma conversa com o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania). “Sei que a Paraíba precisa de recursos e de desenvolvimento, mas preciso saber do governador quais são as pautas mais importantes”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.