STJ adia julgamento que pode afastar Berg Lima da Prefeitura de Bayeux

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou o julgamento do processo que pede o afastamento do prefeito Berg Lima da Prefeitura de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa. A retirada do processo da pauta do STJ aconteceu nessa sexta-feira (2).

Berg Lima seria julgado na quarta-feira (7). O relator do processo é o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha. Ainda não foi divulgada data para o novo julgamento. O advogado Inácio Queiroz disse ao ParlamentoPB que o processo pode ser julgado ainda em agosto, pois a sessão do STJ ocorre a cada 15 dias.

A defesa alega que há elementos suficientes para comprovar a inocência de Berg Lima. “O processo demonstra que Berg é inocente, os vídeos mostram a entrega de um empréstimo pessoal, onde todos os envolvidos tinham conhecimento”, disse o advogado Inácio Queiroz ao ParlamentoPB.

1 comentário

  • Rita de Cássia de
    12:20

    Como Assim pois as filmagens são bem claras não há pagamento de empréstimo nenhum e outra ele é um chefe de um departamento Executivo ou seja ele é um prefeito municipal vocês acha que isso é empréstimo isso seria mas agiotismo e é crime como a defesa diz que é empréstimo isso não o empréstimo se pega nos bancos ou se um amigo empresta para o outro o pagamento deve ser feito via deposito bancário ou na casa de um dois amigos e não em local de trabalho no horário de expediente.

Comentários