STF vai investigar Aguinaldo Ribeiro

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) será investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por irregularidades na execução de convênio entre a União e o governo da Paraíba, através da Secretaria de Agricultura. A investigação estava sendo feita no Tribunal Regional Federal, da 5ª Região, mas como Aguinaldo foi eleito deputado federal, o inquérito será conduzido pelo STF.

As provas apontaram para a responsabilização do ex-secretário na época dos fatos, Aguinaldo Ribeiro, e do engenheiro José Otávio Targino de Araújo.

Parecer – Consta nos autos que Aguinaldo Ribeiro, com base em parecer técnico emitido por José Otávio, teria desconsiderado a necessidade de licitação para contratar instituições privadas que fariam a implantação de Sistema Unificado de Atenção à Saúde Animal e Vegetal, sob a justificativa de situação de emergência, a qual, segundo o Ministério Público Federal, não teria sido devidamente comprovada.

O parlamentar já foi condenado por crime de improbidade administrativa pela Justiça Federal da Paraíba. Ele recorreu da decisão ao Tribunal Regional Federal, da 5ª Região e aguarda o julgamento final do recurso.

 

Jornal da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.