STF suspende dívida da Paraíba com a União em função do coronavírus

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, concedeu mais uma liminar e, desta vez, liberou a Paraíba de pagar por seis meses sua dívida com a União. O ministro determinou que os recursos sejam investidos no combate ao coronavírus.

O Estado informou ao STF que suas dívidas com o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de abril a dezembro, somam R$ 193,2 milhões.

O ministro já interrompeu temporariamente a quitação dos débitos de São Paulo, Bahia, Paraná e Maranhão com a União.

 

 

O Antagonista

Comentários