STF nega seguimento a recurso de Cássio contra posse de Maranhão

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lúcia, negou seguimento ao Agravo de Instrumento 760103, interposto pelo ex-governador Cássio Cunha Lima. Ele contesta a posse do governador José Maranhão (PMDB), segundo colocado nas eleições de 2006. A ministra é a relatora do agravo.

O recurso foi interposto por Cássio Cunha Lima, em junho, na tentativa de reverter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que cassou seu mandato durante sessão plenária de 17 de fevereiro deste ano, por abuso de poder econômico e político e conduta vedada a agente público nas eleições de 2006.

Na mesma sessão, o TSE definiu que o governador Cássio Cunha Lima deveria deixar imediatamente o cargo e que o segundo colocado, no caso, o então senador José Maranhão (PMDB), fosse empossado. Maranhão assumiu o mandato em 18 de fevereiro, um dia após confirmada a cassação do ex-governador.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.