STF marca para dia 27 julgamento sobre posse de suplentes

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) irá julgar no dia 27 deste mês a questão sobre a posse de suplentes de deputados. Serão analisados dois mandatos relatados pela ministra Cármen Lúcia.

 
Até agora, o Supremo já determinou liminarmente cinco posses de suplentes dos partidos. No entanto, a Câmara dos Deputados ainda não deu posse a eles e tem chamado os substitutos das coligações.
 
Nos cinco casos, os ministros entenderam que a vaga pertence ao partido por conta do princípio da fidelidade partidária. Cármen Lúcia seguiu este entendimento.
 
No entanto, a questão não é unanimidade no tribunal.
 
No dia 17 de março, o ministro Ricardo Lewandowski decidiu de forma contrária em favor das coligações.
 
Segundo o ministro, não se aplica a regra de que o mandato pertence aos partidos na substituição dos deputados.
 
Dias depois, o ministro Celso de Mello decidiu pelo mesmo em duas liminares.
 
O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), tem reclamado da indefinição e pediu pressa ao STF.
 
A Câmara inclusive já tem um projeto em tramitação para disciplinar a questão. A proposta já foi aprovada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).
 
 
Folha Online
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.