Souza responde a Ricardo e diz que ele deveria se preocupar com Cássio

O presidente estadual do PMDB na Paraíba, Antonio Souza da Silva, concedeu entrevista hoje e mandou um recado ao presidente do PSB e ex-prefeito da Capital, Ricardo Coutinho, dizendo que ele fique tranquilo quanto aos recursos oriundos de empréstimos feitos pelo governador José Maranhão. O presidente do PMDB afirma que os recursos têm sido investidos em obras de construção, ampliação e reforma de hospitais, adutoras, casas populares, saneamento, escolas e estradas. Para dirimir qualquer dúvida, segundo Souza, basta o dirigente do PSB acessar o site da Secretaria de Finanças do Estado (www.sefin-pb.gov.br), onde consta a destinação dos recursos.

O ex-prefeito e pré-candidato do PSB ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho, havia manifestado preocupação, em entrevista à imprensa, “com a dívida que será deixada para o próximo governador da Paraíba, diante dos seis empréstimos contraídos pela atual administração estadual em apenas 15 meses”.

Já para o presidente do PMDB, “o que causa preocupação é o que foi feito com os empréstimos feitos de 2003 a 17 de fevereiro de 2009, pelo governador cassado Cássio Cunha Lima, a exemplo do “Boa Nova”, através do qual tomou-se mais de R$ 500 milhões e não temos conhecimento de nenhuma obra de saneamento e abastecimento d’água inaugurados no Estado através desses recursos. Isso, sim, preocupa”, disse.

Segundo Antonio Souza, além dos R$ 500 milhões do “Boa Nova”, o governador cassado fez outros empréstimos. “No entanto, o que o atual governador encontrou foi um verdadeiro cemitério de obras paralisadas, envolvendo hospitais, estradas completamente acabadas, escolas sucateadas, ginásios de esporte destruídos, adutoras, o Centro de Convenções sem sequer ter as obras iniciadas por pendências no projeto junto ao TCU, com indicativo de superfaturamento, entre outras irregularidades”.

O dirigente peemedebista lembra que o governador José Maranhão não é prefeito, “mas está investindo em João Pessoa, através da pavimentação de dezenas de ruas no Bessa, no Cidade Verde e em outros bairros; está construindo o Centro de Convenções e a Translitorânea, obra que garantirá o abastecimento d’água da Grande João Pessoa pelos próximos 30 anos”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.