Sobe para 12 o número de prisões efetuadas em operações policiais deflagradas em Campina e Belém

Subiu para 12 o número de prisões efetuadas nesta quinta-feira (16) em duas operações policiais integradas entre Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiro Militar da Paraíba nas cidades de Campina Grande e Belém.

Das 12 prisões, seis aconteceram em cada município, além da apreensão de armas e drogas. As equipes policiais continuam nas ruas até o final do dia para o cumprimento de novos mandados de prisão e de busca e apreensão.

Segundo o delegado Luciano Soares, em Campina Grande foi desencadeada a “Operação Ope Legis”, que significa “Por força da Lei”, planejada pela Delegacia de Homicidos , com a finalidade de dar cumprimento a 10 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão, cujos alvos são suspeitos de envolvimento em homicídios na região.

A Operação Integrada emprega um efetivo de mais de 100 policiais, que estão fazendo um cerco nos bairros das Malvinas, especificamente na Favela do Papelão, Ramadinha e Dinamérica . “Nessa área já foram conduzidos à delegacia seis presos, mas nossas equipes continuam em ação para o cumprimento de novos mandados”, disse.

O delegado Hugo Lucena, da seccional de Guarabira, informou que no município de Belém foi deflagrada a “Operação Mão de Ferro II”, voltada ao cumprimento de três mandados de prisão e oito mandados de busca e a preensão domiciliar. “Os alvos são suspeitos participação em homicídios , tráfico de drogas e roubo na região do Brejo paraibano. Já foram presos seis suspeitos e apreendidas drogas e armas”, destacou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.