Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Situação nega pedido de vistas e aprova reajuste do funcionalismo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O pedido de vista feito pelo vereador Hervázio Bezerra (PSDB) à mensagem encaminhada pelo prefeito Ricardo Coutinho (PSB) concedendo reajuste de 10% aos professores efetivos da rede municipal foi rejeitada hoje por 14 votos contra seis.

Votaram a favor do pedido de vistas os vereadores Geraldo Amorim (PDT), João Corujinha (PSDC), Raoni Mendes (PDT), Luís Flávio (PSDB), Hervázio Bezerra (PSDB) e Raíssa Lacerda (DEM).

Depois de vetar a proposta de Hervázio para discutir melhor o assunto, os vereadores aprovaram o texto da mensagem por 18 votos contra duas abstenções, a do próprio Hervázio e a de Geraldo Amorim (PDT). Votaram contra: Zezinho do Botafogo (PSB), Mangueira (PMDB), Jorge Camilo (PT), Sérgio da Sac (PRP), Sandra Marrocos (PSB), Tavinho Santos (PTB), Fernando Milanez (PMDB), Bira (PSB), Elisa Virgínia (PPS), Benílton Lucena (PT), Bruno Farias (PPS), Felipe Leitão (PRP), João dos Santos (PR) e Pastor Edmílson (PRB). Derrotado o pedido de vistas, a matéria foi a votação e aprovada em plenário.

Mesmo assim, Hervázio protestou: "Não existe reajuste. O prefeito apenas está cumprindo o que determina a Constituição Federal e equiparando os vencimentos dos servidores ao salário mínimo. Não precisava nem mandar mensagem alguma à Câmara".

A mensagem do prefeito Ricardo Coutinho prevê um reajuste de 10% para os professores do quadro efetivo do município. Os professores que atuam como prestadores de serviço também terão um reajuste no valor da hora-aula de 11%, que passará a ser de R$ 6,00. 

A secretaria de Comunicação da Prefeitura alega que a dobra da carga horária dos professores do quadro efetivo e a gratificação dos diretores de escolas também serão reajustadas em 10%. A inflação do período foi de 6% e a Prefeitura de João Pessoa já paga o piso nacional dos professores, de R$ 950,00, há mais de um ano.

Para aqueles professores que atuam nos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis), o reajuste definido pelo Governo municipal também será de 10% sobre o vencimento. Os repasses serão creditados nos salários referentes ao mês de abril.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

joaobelga

Paraíba terá Centro de Distribuição e fábrica de esquadrias de PVC de empresa da Bélgica

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto; veja

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG