Sindicato, Cartaxo, PSB, Cássio e Câmaras lamentam morte de Nelma

A morte da jornalista Nelma Figueiredo, de 53 anos, ocorrida nesta sexta-feira, 30, comoveu profundamente a sociedade paraibana. O Sindicato dos Jornalistas, as Câmaras de João Pessoa e Campina Grande, o PSB e o senador Cássio Cunha Lima emitiram notas de pesar pelo falecimento da comunicadora.

Sindicato dos Jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas da Paraíba lamenta profundamente o falecimento da repórter, editora e apresentadora Nelma Figueiredo, uma profissional completa, aguerrida e merecedora de reconhecimento e homenagens.

“Com muita surpresa e tristeza tomamos conhecimento da partida de Nelma. Ela sempre dignificou a categoria e exerceu o jornalismo da melhor maneira possível”, disse Land Seixas. “Era um ícone e uma dama da nossa imprensa que deixará muita saudade”, disse o presidente da entidade, Land Seixas.

Ivonete Ludgério

Foi com profunda tristeza que a presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério, recebeu a notícia da morte da jornalista Nelma Figueiredo, que faleceu nesta sexta-feira (30), em João Pessoa.

Ivonete lamentou profundamente a perda e comunicou os votos de pesar para os familiares e amigos, principalmente para a classe jornalística paraibana que perde um dos seus mais importantes representantes.

De acordo com a vereadora, Nelma Figueiredo era uma querida amiga, pela qual Ivonete Ludgério nutria grande carinho e admiração.

“Recebi essa notícia com muita tristeza no coração. Nelma era uma mulher forte e uma grande jornalista que sempre cumpriu sua missão com ética e honradez. Todos nós que fazemos a Câmara de Campina Grande sentiremos profundamente a sua ausência”, disse Ivonete.

Câmara de João Pessoa

Faleceu no início da tarde desta sexta-feira (30), em João Pessoa, a jornalista e radialista Nelma Figueiredo, âncora da CBN João Pessoa. Ela tinha 53 anos e lutava contra um câncer O enterro acontece no sábado (31), às 10h, no cemitério Parque das Acácias.

Em nota, a Mesa Diretora da Câmara Muncipal de João Pessoa, afirmou que “a Paraíba perde uma grande profissional, que deixa, como legado, uma carreira exemplar a ser seguida por várias gerações”.

Confira a nota, na íntegra:

Vereadores e servidores da Câmara Municipal de João Pessoa foram surpreendidos no início da tarde desta sexta-feira (30) com a morte repentina da jornalista e radialista Nelma Figueiredo, âncora da rádio CBN João Pessoa.

Jornalista atuante e reconhecida em João Pessoa, assim como em todo Estado por sua atuação tanto na televisão, quanto no rádio, Nelma pautou sua brilhante carreira com muita ética e comprometimento com o verdade, praticando um jornalismo íntegro e ofertando ao seu público, um noticiário imparcial e fiel aos fatos.

Dessa forma, a Paraíba perde uma grande profissional, que deixa, como legado, uma carreira exemplar a ser seguida por várias gerações.

Neste momento de luto e de dor, a Câmara Municipal de João Pessoa se solidariza com familiares e amigos de Nelma Figueiredo, bem como com seus milhares de ouvintes.

Mesa Diretora da CMJP

PSB

O Partido Socialista Brasileiro em João Pessoa manifesta profundo pesar pelo falecimento da jornalista Nelma Figueiredo, ocorrida na tarde desta sexta-feira (30).

Profissional respeitada em toda a Paraíba, Nelma Figueiredo era uma exemplo vivo da bem sucedida presença feminina nos meios jornalísticos do nosso Estado.

Deixamos nossas mais sinceras condolências à família, amigos e fãs por esta inestimável perda.

Karla Alencar, Secretária de Comunicação do PSB-JP

Cassio Cunha Lima

*Cássio lamenta morte de Nelma Figueiredo*

“Nelma sempre foi respeitada mas acima de tudo admirada”, assim se expressou o senador Cassio Cunha Lima ao lamentar o falecimento da jornalista Nelma Figueiredo, ocorrido nesta sexta-feira, em João Pessoa.

Segundo Cássio, Nelma sempre se destacou em todos os veículos que atuou e com sua doce firmeza, era comum obter nas suas entrevistas declarações muito mais importantes.

“Minha trajetória política passou em diversos momentos pela jornalista Nelma Figueiredo, seja na TV ou no Rádio e, não posso deixar de reconhecer a forma sempre altiva com a qual ela exercia a sua atividade”, disse.

“É uma grande perda para a Paraíba, para todos os seus amigos, colegas de profissão e principalmente para os seus familiares.

Luciano Cartaxo

*Prefeito Luciano Cartaxo lamenta falecimento da jornalista Nelma Figueiredo*

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, lamenta o falecimento da jornalista Nelma Figueiredo e expressa o mais profundo pesar, ao tempo em que pede que Deus conforte os familiares e amigos para que eles possam superar este momento de dor com serenidade e força.

“Perdemos um dos grandes nomes do jornalismo paraibano nesta Sexta-feira Santa. Nelma Figueiredo foi uma profissional brilhante, que se destacou pela ética e responsabilidade com o bom jornalismo, testemunhando momentos históricos do nosso Estado e levando a informação sempre com muita seriedade e verdade. Lamentamos muito essa perda, mas na certeza de que Deus já a recebeu em sua glória”, afirmou Luciano Cartaxo.

Nelma Figueiredo era presença marcante no jornalismo paraibano há mais de 30 anos, sendo pioneira no telejornalismo. Ela passou por vários veículos de comunicação e era, atualmente, âncora de um programa na Rádio CBN. Ela lutava contra um câncer e faleceu na tarde desta sexta-feira (30) em um hospital da Capital.

Comentários