Sindicato acusa prefeito de Catingueira de dar calote em servidores

O presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (Sinfemp), José Gonçalves, denunciou mais uma vez a Prefeitura de Catingueira por não ter efetuado até o último dia 20 de dezembro de 2011, o pagamento do 13° salário a todos os servidores públicos municipais, não poupando também de suas críticas à Câmara Municipal, cujos vereadores classificou como "meras lagartixas", pois assistem e acatam passivamente os desmandos do Executivo com os servidores e nada fazem, deixando de cumprir com seu papel de representes do povo.

"É uma vergonha o que vem acontecendo no município. Está caracterizado que os recursos oriundos do governo federal estão sendo direcionados para outros fins, menos para o pagamento dos servidores", declarou Gonçalves.

A Prefeitura de Catingueira recebeu no mês de novembro o valor de R$ 644.973,81 e até o último dia 20 de dezembro mais R$ 686.519, 96. “Isso é uma vergonha para um prefeito que se intitula representante do povo e mais vergonha ainda é a posição da Câmara Municipal, onde a maioria é lagartixa do prefeito e não tem a coragem de denunciar os desmandos existentes no município”, enfatizou.

O sindicalista lamentou também a morosidade da justiça para com os gestores municipais e especialmente o de Catingueira, José Edivan Félix (PR). “Eu não entendo é como o Poder Judiciário, quando o sindicato entra com as ações em defesa dos servidores, para o pagamento ser feito em dia, não bloqueia os recursos desses gestores que não gostam de pagar aos funcionários, a exemplo de Catingueira”, desabafou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.