Severino Cavalcanti será transferido para hospital em SP

A assessoria do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, disse hoje que ele vai ser transferido para São Paulo ainda hoje. Segundo a assessoria, ele usa um marca-passo e teve uma insuficiência cardíaca.

Severino provavelmente será internado no Incor e vai fazer exames para avaliar a necessidade de uma operação, disseram assessores, que garantiram que Severino está consciente e bem.

O Hospital Santa Lúcia divulgou boletim médico no começo da tarde desta sexta informando que o estado de saúde de Severino é estável. Segundo o hospital, ele deu entrada na unidade na manhã de quinta-feira (16) apresentando problemas cardíacos.

O boletim desta tarde diz que “não houve alteração no estado clínico do paciente”, que continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), consciente, sob cuidados médicos e com quadro clínico estável.

O ex-presidente da Câmara está na capital federal desde terça-feira (14) e começou a se queixar de falta de ar na quinta (16). Ele teria passado mal quando fazia uma visita à Câmara.

Segundo as informações iniciais, Severino chegou a ser atendido pelo serviço médico da Casa, de onde foi imediatamente encaminhado para a emergência do hospital.

Atual prefeito da cidade de João Alfredo, no Agreste de Pernambuco, Severino, de 78 anos, ocupou a presidência da Câmara em 2005. No mesmo ano, ele renunciou ao cargo sob a acusação de ter cobrado propina do empresário Sebastião Buani, dono de um restaurante na Câmara. Severino negou todas as acusações.

Sete meses antes, ele havia sido eleito presidente da Casa, em uma manobra da oposição ao governo Luiz Inácio Lula da Silva. Nas eleições de 2006, ele não conseguiu se eleger para um novo mandato como deputado federal.

 

G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.