Sessão especial na Assembleia debate dragagem de Porto

A Assembleia Legislativa realiza, nesta quarta-feira, 25, uma sessão especial em defesa do Porto da Paraíba, que fica no município de Cabedelo. Representantes da bancada paraibana no Congresso Nacional foram convidados pelo presidente da ALPB, deputado Ricardo Marcelo, para participar da sessão, que integra as atividades da Comissão Representativa. 
 
Um movimento suprapartidário em defesa do Porto, com ênfase na conclusão da dragagem, foi definido no gabinete do presidente da ALPB na quarta-feira passada (18).
 
Ricardo Marcelo anunciou a convocação dos deputados estaduais, deputados federais, senadores, classe empresarial, representantes de órgãos governamentais, não governamentais e entidades sindicais para participarem da sessão especial, que ocorre nesta quarta, a partir das 9h30. 
 
Nesta segunda-feira (23), o senador Cícero Lucena (PSDB) confirmou a participação na sessão especial.
 
Deputados estaduais das bancadas de oposição e situação confirmaram também a presença nos debates. O deputado Trócolli Júnior (PSDB), que há mais de sete anos vem lutando pela dragagem do Porto de Cabedelo, destacou a inicitativa do Legislativo estadual nesse debate. "A Assembleia, através do presidente Ricardo Marcelo, firma uma posição importante, porque está assegurando um debate suprapartidário, envolvendo os mais diversos segmentos da sociedade para debater uma questão tão importante para o Estado", disse.
 
A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) também destacou o debate. "Queremos contribuir com o debate sobre o Porto de Cabedelo. A iniciativa da Assembleia é de grande valor para toda a Paraíba", afirmou através do seu microblog no Twitter.
 
Segundo ela, o debate sobre o Porto de Cabedelo é muito importante. "Toda a Paraíba depende de uma logística eficiente para poder crescer", complementou.
 
Técnicos, dirigentes da Companhia Docas e empresários também estão confirmados na sessão especial convocada pelo presidente da Assembleia Legislativa. No encontro da semana passada, estiveram no gabinete da Presidência da ALPB, entre outros, o presidente e o vice-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Holmes Jácome e Antônio Ricardo Andrade; o presidente do Comitê em Defesa do Porto, Mácio Albuquerquer Madruga; os deputados estaduais Caio Roberto (PR), Francisco de Assis Quintans (DEM) e Trócolli Júnior (PSD), autor da proposta para a formação de uma comissão suprapartidária em prol do desenvolvimento do Porto da Paraíba.
 
Para o presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Jácome, o Porto “é uma ferramenta mestra” para o desenvolvimento econômico de qualquer Estado, através do escoamento da produção por meio de importação e exportação. “Hoje existe uma sinergia muito positiva entre os Poderes, seja em nível municipal, estadual e federal. E é esse clima de que a Paraíba precisa, com união e foco nos projetos que terão continuidade”, destacou Wilbur.
 
Para ele, o Porto pode alcançar R$ 1 bilhão em ICMS com a nova estrutura de profundidade, reforço do cais envolvente e de um Terminal de Múltiplo Uso. Essas mudanças necessitariam em torno de R$ 500 milhões em investimentos. 
 
Ricardo Marcelo disse que a Assembleia Legislativa buscará o engajamento de todos os setores produtivos e de representantes dos trabalhadores, direta e indiretamente envolvidos com o desenvolvimento do Porto da Paraíba. O deputado estadual Trócolli Júnior enfatizou que, nesse primeiro momento, esse movimento suprapartidário vai priorizar a conclusão da dragagem do Porto, o que possibilitará o aumento do calado, que tem 9,14 metros, para cerca de 11 metros.
 
“Já que o interesse maior de todos é viabilizar o Porto e trazer os navios que dêem a movimentação da estrutura portuária, é preciso a união de toda a classe política da Paraíba e de representantes de todos os setores produtivos e da imprensa, para conseguirmos a conclusão da dragagem. Tenho certeza que esse será apenas o primeiro passo do movimento”, afirmou o presidente da Assembleia.
 
“A Paraíba não pode continuar dependendodo porto pernambucano de Suape para operacionalizar o transporte da grande maioria dos produtos que importa e exporta. Mesmo porque temos aqui o Porto de Cabedelo, que já teve grande importância, por exemplo, no escoamento da produção agrícola do Nordeste e que hoje depende, dentre outros projetos complementares,da conclusão do projeto de dragagem do seu Canal de Acesso para poder receber navios de grande porte e assim incrementar as atividades econômicas na zona portuária do Estado, inclusive com a geração de inúmeros novos empregos”.
 
Com essa observação, a deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) reafirmou o seu apoio pessoal à luta encampada pelovComitê de Defesa do Porto de Cabedelo e confirmou sua presença na SessãoEspecial que será realizada nesta quarta no plenário da Assembleia Legislativa do Estado, em João Pessoa, com o objetivo de promover a união de toda a classe política paraibana na defesa da adoção de medidas que viabilizem o aumento imediato da capacidade de operacionalização do porto.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.