Servidora é mordida, e Senado faz desratização e dedetização

A Secretaria-Geral do Senado dispensou os servidores do trabalho na tarde desta sexta-feira (13) para que seja feita uma desratização e dedetização em parte das dependências da Casa.

 
A decisão foi tomada depois de uma funcionária da secretaria-geral ter sido mordida no pé por um animal na última quarta-feira, segundo a secretária-geral da Mesa Diretora, Claudia Lyra.
 
De acordo com a secretária, a funcionária não identificou o animal. Ela foi medicada e está em observação. Para evitar novos casos, a secretaria-geral determinou a dedetização e a desratização.
 
As atividades da Secretaria-Geral e das secretarias de Coordenação Legislativa serão retomadas a partir das 10h da próxima segunda (16).
 
Nota distribuída internamente nesta sexta pela Secretaria-Geral e assinada por Claudia Lyra informa o seguinte:
 
"A Secretaria-Geralo da Mesa informa a todos a interrupção das atividades do gabinete da Secretaria de Coordenação Legislativa do Senado Federal e da Secretaria de Coordenação Legislativa do Congresso Nacional na data de hoje, a partir das 14h, uma vez que será realizada a desratização e dedetização nesses recintos. A atividade será retomada às 10h de segunda-feira".
 
Não é a primeira vez que um animal age nas dependências do Senado. Em 21 de dezembro do ano passado, um escorpião foi encontrado na Secretaria Técnica de Eletrônica do Senado, no subsolo do Anexo II. Um funcionário matou o animal com uma vassoura.
 
O Congresso está em recesso até 2 de fevereiro, mas parte dos funcionários segue trabalhando.
 
Nesta quinta-feira (12), houve sessão da comissão representativa do Congresso Nacional no plenário do Senado.
 
Parlamentares de vários estados viajaram para Brasília a fim de ouvir explicações do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, sobre denúncias de nepotismo e favorecimento político na liberação de verbas.
 
 
G1
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.