Serra mantém dianteira sobre Dilma e Ciro

Pesquisa Datafolha indica que o governador José Serra (PSDB-SP) lidera a corrida pela sucessão presidencial de 2010 e que, pela primeira vez, a pré-candidata petista, ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), deixou de subir.

O tucano tem 37% das intenções de voto. Presença constante com o presidente Lula em eventos pelo país, Dilma manteve 16% e está tecnicamente empatada com o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), com 15%.

A pesquisa mostra que a possível entrada da senadora Marina Silva (PT-AC) na disputa ainda não provocou grandes mudanças. Cobiçada pelo PV, ela atinge só 3% das intenções e quase não altera os índices dos líderes.

O levantamento aponta que Ciro lidera nos dois cenários sem Serra. E Dilma tem sua melhor performance na hipótese em que Ciro, como quer o Planalto, não concorre.

A pesquisa ouviu 4.100 entrevistados entre os dias 11 e 13 de agosto, em 171 municípios. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Oposição sem discurso

Em reunião-jantar na última quarta-feira (12) com as cúpulas do PSB e do PT, no Palácio da Alvorada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse achar que a oposição "não tem discurso", e avalia que o tucanato levará ao palanque a plataforma da "ética", que não vai colar. A informação é do blog do Josias.

O presidente ainda expôs a estratégia que considera ideal: uma disputa "plebiscitária" entre Dilma e o candidato do PSDB, provavelmente José Serra. Para Lula, são "grandes" as chances de triunfo, porque o governo terá muito a mostrar –as "realizações" ganharão mais visibilidade no ano que vem.

Segundo o blog, Lula também afirmou que se o PSB decidir que Ciro Gomes deve disputar a Presidência, vai "respeitar". Sobre Ciro, ficou estabelecido que só no ano que vem ele decidirá se vai às urnas como candidato ao Palácio dos Bandeirantes ou ao Palácio do Planalto.
 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.