Senegal aproveita bobeiras da Polônia e vence em Moscou

A seleção de Senegal é a primeira equipe africana a vencer na Copa do Mundo de 2018. No último jogo da primeira rodada, a equipe senegalesa derrotou a Polônia por 2 a 1, no Estádio do Spartak, em Moscou. Com isso, divide a liderança da chave junto com o Japão em um grupo que ainda conta com a Colômbia, que perdeu pelo mesmo placar. Thiago Cionek (contra) e Niang marcaram, e Krychowiak descontou para os poloneses.

O GOL POLÊMICO

O lance que gerou reclamação por parte dos poloneses aconteceu aos 15 minutos da etapa final, no que pode se chamar de falta de sensibilidade da arbitragem. O camisa 10 polonês, Krychowiak, recuou uma bola, mas Niang, que estava fora de campo sendo atendido pelos médicos, entrou em velocidade em direção à bola, já que acabara de ser autorizado pelo árbitro Nawaf Shukralla (Bahrein). O goleiro Szczesny até que tentou sair, mas era tarde demais. Ele passou pelo camisa 1 e mandou para as redes.

DUELO DE ASTROS

Os dois grandes astros em campo decepcionaram, com atuações apagadas. Robert Lewandowski ficou preso entre as torres gêmeas de Senegal – os zagueiros Koulibaly (1,95m) e Sali Sané (1,96m) e só conseguiu uma finalização, sem perigo, no primeiro tempo. No segundo, seu melhor momento foi quando voltou para buscar jogo, deu uma meia-lua em Koulibaly e foi derrubado por Sané. Na cobrançad a falta, obrigou N’diaye é a fazer grande defesa. Mas foi só.

G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.