Senador diz que filha de secretário apresentou currículo compatível

O senador paraibano Roberto Cavalcanti respondeu de forma breve à reportagem do Parlamentopb que lhe procurou para ouvir sua versão para a nomeação, em seu gabinete, de Leda Camila Cartaxo, filha do secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo. O assunto é destaque na edição desta semana da revista Época por causa da acusação que pesa contra Cavalcanti no caso conhecido como "Escândalo da Fazenda Nacional". De acordo com a apuração do MPF, empresas, dentre as quais as capitaneadas por Cavalcanti, quitavam dívidas por um milésimo do valor do débito. Dezenas de processos tramitam na Justiça, sendo que mais de 90 contra o senador paraibano.

Por intermédio de sua assessoria, Roberto Cavalcanti afirmou ter indicado Leda para uma assessoria em seu gabinete porque "ela apresentou um currículo compatível e porque a funcionária é competente e assídua".

Formada em direito, Leda Camila ocupa o posto de assistente parlamentar, com salário de R$ 2,8 mil, na cota de cargos de confiança preenchida sem concurso público.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.