Semob realiza ações educativas sobre importância de respeitar as leis de trânsito

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) vem intensificando as ações educativas por entender que é uma das formas de mudar o comportamento da população na busca de um trânsito mais seguro e humanizado, reduzindo os acidentes e preservando vidas. Neste mês de setembro, a equipe de educadores vai atuar nos bairros de Jaguaribe, Rangel, Cristo Redentor, Distrito Industrial e Alto do Mateus levando diversas atividades para conscientizar condutores e pedestres sobre a importância de respeitar as leis de trânsito.
 
Na manhã desta terça-feira (2), os educadores realizaram campanha da faixa de pedestre em frente ao Colégio João Machado, na Avenida 1º de Maio, em Jaguaribe. A ação começou por volta das 11h e terminou às 14h, horário de maior fluxo de pedestres e veículos. Essa atividade foi focada mais nos pedestres que receberam dicas de como atravessar seguramente a via. Os condutores também foram abordados e orientados a parar o veículo quando observar a aproximação do pedestre para realizar travessia na faixa.
 
“Avançamos muito desde que iniciamos o programa de respeito à faixa de pedestre, mas pretendemos avançar ainda mais e colocar a nossa cidade como referência para o País com relação à travessia segura para pedestre”, disse a coordenadora de educação da Semob, Gilmara Branquinho.
 
Outras ações – A coordenadora também ressaltou outras iniciativas da Prefeitura Municipal de João Pessoa, (PMJP) por meio da Semob, como a campanha ‘Eu Quero Paz no Trânsito’ que vem abordando com esse conceito temas diversificados como álcool e direção não combinam durante as prévias carnavalescas e o respeito aos limites de velocidade nas vias urbanas.
 
Ainda este ano, a campanha ‘Eu Quero Paz no Trânsito’ abordará outros temas como o uso de capacete, cinto de segurança, estacionamento, respeito às regras destinadas a idosos e pessoas com deficiência, respeito ao ciclista/ciclofaixa, dentro outros.
 
Para o superintendente da Semob, Roberto Pinto, a cultura pela paz no trânsito só será alcançada com o engajamento da população. “Cada ação que realizamos tem uma importância enorme para as pessoas que participam. São atividades que sempre trazem uma orientação e um alerta para que possamos ser mais prudentes no trânsito”, afirmou.   
 
Nas escolas – Além da continuidade à campanha da faixa, os educadores também vão promover atividades educativas para estudantes. Nesta quarta-feira (3), às 9h, a equipe vai  à Escola Dumerval Trigueiro Mendes, no Rangel, para orientar os alunos de como realizar o deslocamento de casa a escola com segurança. À tarde, no Crei Maria de Lourdes Gomes, serão realizadas atividades lúdicas como jogos, pintura, contação de estórias sempre voltadas para o tema trânsito.
 
A Semob recebe na quinta-feira (4) em suas dependências, alunos entre cinco e 10 anos, que farão uma visita aos setores para conhecer o trabalho desenvolvido pelo órgão.
 
No sábado (6), às 20h,  Gilmara Branquinho e o professor Samuel Aragão vão proferir palestra sobre segurança no trânsito na Loja Maçônica, no Centro da cidade. Durante a palestra, eles vão focar na responsabilidade do condutor para que diante de seu comportamento no trânsito possam contribuir para a redução da violência viária, tornando  o trânsito mais harmonioso e seguro.
 
Na próxima semana, os educadores voltam à faixa de pedestre do Colégio João Machado, em Jaguaribe, para reforçar a campanha. Dia 11, o grupo estará na Escola Padre Pedro Serrão, na Avenida Dom Bosco, no Cristo Redentor, às 9h, para uma palestra com os alunos.
 
Comando – No Distrito Industrial, haverá um comando educativo para motociclistas na Avenida Parque, em frente à Cerâmica Elizabeth. No local, serão distribuídos adesivos “Eu Quero Paz no Trânsito” e panfleto com dicas de segurança para os motociclistas dentro da campanha “Fique Vivo! Motociclista, o trânsito só muda quando a gente muda”.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.