Secretários asseguram que autonomia da UEPB será mantida

Depois de tomar conhecimento da intenção dos estudantes ligados ao DCE da UEPB de promover um protesto contra o contingenciamento de verbas da instituição, reafirmado hoje pelo secretário de Planejamento, Ademir Alves de Melo, a secretária de Comunicação do Estado, Lena Guimarães, assegurou que a autonomia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está mantida, conforme ficou acertado entre o governador José Maranhão e a reitora Marlene Alves, em conversas por telefone e pessoalmente. Lena vê uma certa confusão com os termos técnicos empregados em relação ao Orçamento do Estado para a UEPB.

Segundo a secretária, o governador já disse que a autonomia da UEPB será respeitada e esta é a última palavra. “Não existe fato novo. O que o governador garantiu a reitora Marlene Alves está mantido”, acrescentou o secretário de Educação, Sales Gaudêncio.

Sales também vê a ameaça de protesto e as queixas sobre o assunt como "apenas um mal entendido". Ele declarou que a reitora e o governador Maranhão estiveram reunidos neste final de semana, discutindo projetos de expansão da Universidade Estadual.

Segundo o secretário de Educação, desde o início da atual gestão do Governo a reitora Marlene Alves vem atuando com muita competência, inclusive na elaboração de projetos em prol do sistema educacional paraibano. “A orientação é apoiar esse trabalho que ela vem fazendo na Universidade”, disse.

Protesto – O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UEPB prometeu acorrentar o campus da universidade e entregar as chaves ao Governador em sinal de protesto pelo contingenciamento de verbas. Eles consideram que represar os recursos significa acabar com a autonomia financeira da UEPB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.