Secretário do PT estranha críticas de petistas a Ricardo

O Secretário Executivo da Secretaria Estadual da Infraestrutura do Estado da Paraíba. Professor Carlos Alberto Dantas Bezerra, comentou que “considera, no mínimo estranhas”, algumas declarações de membros do seu Partido – PT, acerca das medidas que o Governo vem adotando para tirar o Estado do caos financeiro.

"O Estado vivia um verdadeiro caos: obras inconclusas por má gestão; débitos com empresas que concluíram obras e não receberam seus pagamentos; convênios com órgãos federais suspensos por má gestão e/ou inadimplência do Estado; falta de controle de qualidade no acompanhamento e no recebimento de obras que resultaram em prejuízo para o erário, etc,. Tudo isso com o agravante de terem levado o Estado a  situação de inadimplência no CAUC e SIAFI,  impedindo-o  de obter liberação e acesso aos recursos de Convênios para honrar os compromissos decorrentes dos mesmos. Nada disso parece incomodar certos membros do Partido. Tenho certeza de que não é por falta de informação”.

O secretário Carlos Alberto continuou:  “A verdade é que uma parcela importante do PT soube compreender a realidade e assumiu compromissos claros e públicos com o projeto de superar o atraso, e  potencializar ações no sentido de construir uma Nova Paraíba. Do outro lado, estão aqueles que estiveram comprometidos com o governo passado e que ainda não entenderam que os tempos mudaram e que o povo da Paraíba  delegou ao atual governo a tarefa histórica de superar o atraso e construir novas perspectivas”.

Segundo o Secretário “ante os problemas e os desafios, não há lugar para neutralidade ou independência. Superar o desequilíbrio fiscal, acabar com privilégios criminosos, e, ao mesmo tempo fazer o Estado  se tornar indutor do desenvolvimento humano e sustentável é compromisso imprescindível e inadiável”. E concluiu:  “ Alguns recalcitrantes, saudosistas  do atraso, ainda não entenderam os novos tempos, bem como, ainda não conseguem enxergar que o Governo está cumprindo a tarefa que o povo e delegou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.