Secretário do PSOL afirma que adesistas de Ricardo já apoiaram Veneziano

A propósito da adesão de um grupo de 30 militantes do PSOL ao pré-candidato do PSB ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho, o secretário estadual de formação do PSOL encaminhou um email ao Parlamentopb. Na correspondência virtual, ele acusa os ex-colegas de não representarem o partido e agir de forma a atender "interesses pessoais". Sílvio Calaço ainda declara que parte dos adesistas foi enquadrada no Conselho de Ética em 2008 porque teria dado apoio à candidatura à reeleição do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), quando a orientação partidária era de voto nulo.

"Após a conclusão dos trabalhos da comissão, alguns optaram por solicitar seu desligamento do partido ao passo que outros tiveram suas filiações suspensas enquanto aguardavam a deliberação da direção nacional do partidido. Digo que nenhuma debandada em favor de Ricardo Coutinho deu-se no seio do PSOL da Paraíba e que estas pessoas não respondem pelo partido e deviam se envergonhar de quererem enlamear o nome do PSOL em acordos eleitoreiros meramente de interesses pessoais", disse Calaço.

A solenidade de apoio dos 30 militantes a Ricardo Coutinho se deu no último dia 14, na sede do PSB em Campina Grande. Naquela ocasião, o grupo desfiliou-se do PSOL para ingressar no partido do ex-prefeito de João Pessoa.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.