Secretário do PSDB confirma compra de ração para cachorro

O secretário geral do PSDB da Paraíba, João Fernandes, contestou hoje as críticas feitas por membros da Côrte Eleitoral paraibana à prestação de contas do diretório regional do partido referentes ao exercício de 2009. Um dos itens citados como motivo para a reprovação das contas foi a aquisição de ração animal. João confirmou, em entrevista concedida ao Tambaú Debate da Rádio Tambaú FM, que o produto foi comprado e explicou que ele se destinou à alimentação do cachorro do caseiro, que ajuda a fazer a segurança do prédio durante a noite:

– Eu poderia colocar uma cerca elétrica, mas me parece meio agressivo. O PSDB não tem tido problemas. O cachorro existe. Está cedido ao PSDB e o partido gastou R$ 320 por ano com a ração deste animal e o TRE chamou a atenção desse fato. Não houve julgamento, houve apenas o voto do relator. Se tiver alguma irregularidade, o partido assume. Mas, as despesas que estão sendo contestadas sempre existiram.

Segundo João, o pagamento da ração do cachorro já constava em prestações de contas anteriores a 2009.

– Nós temos um contrato com o dono do cachorro, cedendo-o para o uso do PSDB. Poderíamos ter contratado um canil, mas parece que estão trocando o principal pelo acessório. Isso não é um cachorrinho de madame. Para o partido, ele é bom, dá segurança ao prédio e à família do caseiro. O PSDB aguarda o julgamento e responde por todos os seus atos. Nós temos que usar o fundo partidário para pagar suas despesas. Querem que façamos caixa 2? Nossa atitude de reduzir custos deveria ser aplaudida!

O voto anunciado ontem foi o do desembargador Genésio Gomes, contra a aprovação das contas do PSDB da Paraíba. Ele ainda previu a devolução de forma parcelada de R$ 32 mil ao fundo partidário. Depois do voto dele, a juíza federal Niliane Meira Lima, autora do pedido de vistas, citou o caso da compra da ração como inusitado. O julgamento continuará quando a magistrada concluir a análise do processo.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.