Secretário de saúde do Estado confirma investimento de R$ 11,2 milhões

Na visita que fez à cidade de Patos na quinta-feira (13), o secretário de Saúde do Estado, José Maria de França ratificou os investimos que estão para acontecer na rede hospitalar da cidade.

“Na Maternidade serão empregados R$ 11,2 milhões, sendo R$ 5 milhões para aquisição de equipamentos e R$ 6,2 milhões para serem usados na conclusão das reformas e na ampliação, obras iniciadas, ainda, no governo Maranhão II”, afimou.

José Maria de França disse ainda que é pretensão do governador José Maranhão fazer da maternidade Peregrino Filho uma instituição que dê suporte para as cidades da região das Espinharas, pois a mesma terá duas UTI’s, sendo uma materno e outra neonatal.

“Com os investimentos que Patos está recebendo se tornará o maior centro hospitalar de saúde pública da Paraíba”, asseverou o secretário.

Um outro assunto comentado pelo secretário de saúde foram investimentos que o Estado vem fazendo nos setores de urgência e emergência do Hospital Janduhy Carneiro, indicando também uma série de exames e atendimentos de alta complexidade que vão trazer significativas melhorias para o paciente.

O secretário estadual de saúde explicou, no entanto, ser necessária uma maior sintonia entre os chefes de setores e direção das casas hospitalares. “É crucial que todos assumam e executem suas funções bem para que as coisas funcionem como devem”, finalizou.

Para o secretário municipal de saúde da cidade de Patos, Eisenhorwer Alves de Brito, a visita de José Maria de França foi positiva, pois vem reforçar o compromisso do governo do Estado coma população patoense.

“Manter a parceria entre Estado e município é muito importante, visto que este é um momento ímpar de ideais em gestão em saúde já que esta área trabalha interligando as três esferas governamentais: governo federal, estadual e municipal”, afirma.

Já com relação a Influenza A (H1N1), o secretário Eisenhorwer Alves Segundo, comentou que está sendo elaborado um plano de ação de combate à doença na cidade de Patos, por meio de uma capacitação de toda a rede de saúde, mesmo ainda não tendo acontecido nenhum caso confirmado da nova gripe.

“É preciso educar a população para saber como agir em caso de contágio e para isso a secretaria já está se antecipando e realizando palestras de conscientização e prevenção”, finalizou o secretário municipal.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.