Secretário de Saúde deve pedir para sair do Governo Ricardo

O secretário de Saúde do Estado, Mário Toscano, pode ser a próxima baixa a ser verificada no Governo de Ricardo Coutinho (PSB). O desejo de deixar a Pasta já foi comunicado à cupula da administração estadual e o secretário de Comunicação, Nonato Bandeira, prontamente escalado no dia de hoje para tentar convencer Mário a permanecer no cargo.

As queixas do secretário de Saúde têm como alvo a gestora da Saúde do Município de João Pessoa, Roseana Meira, cuja interferência nas ações de sua alçada teriam desagradado Mário Toscano profundamente, a ponto dele desistir do cargo e querer entrega-lo ao governador Ricardo Coutinho. Até uma entrevista coletiva chegou a ser pensada pelo secretário, que admite alegar um motivo de ordem pessoal para deixar o Governo.

Mário Toscano e Roseana Meira já trabalharam juntos no passado. Ele foi coordenador de gestão hospitalar da Secretaria Municipal de Saúde durante a gestão da secretária.

A primeira baixa registrada no Governo de Ricardo Coutinho foi a do professor Fernando Abath, que alegou problemas de Saúde para se desligar da Secretaria de Educação. Extraoficialmente, comentou-se que Abath teria ficado insatisfeito pela ingerência política nas nomeações de sua Pasta.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.