Secretário de Saúde de João Pessoa defende que bares e comércio continuem abertos

Se depender do secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, o comércio da capital paraibana, os shopping centers, bem como o setor de bares e restaurantes terá autorização para permanecer aberto no próximo decreto que deve ser anunciado nesta sexta-feira, 18. É quando perde a validade a norma anterior que proibia o funcionamento presencial dos estabelecimentos do segmento de alimentação fora de casa depois das 16 horas. “Minha opinião é que bares e restaurantes devem ficar abertos. O comércio deve funcionar e os shoppings também. Não deve ter feriado porque ficar um ano sem São João não mata ninguém”, completou Rocha.

Apesar de afirmar que o nível de ocupação de leitos de Covid-19 em João Pessoa está em torno de 60%, o secretário explicou que sua opinião pode não prevalecer. A decisão caberá a um conjunto de autoridades sanitárias sob a batuta do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania).

Rocha ainda falou sobre a previsão de chegada de mais vacinas contra o coronavírus e adiantou que o próximo público a ser contemplado deve ser o maior de 48 anos, mas isso só acontecerá quando chegarem novos lotes do imunizante. Ele, por fim, pediu a compreensão da população para respeitar a necessidade do agendamento através do aplicativo “Vacina João Pessoa” ou pelo site vacina.joaopessoa.pb.gov.br.

“Da última vez que recebemos vacinas, em três minutos já tínhamos 6 mil agendamentos. E quando acabam as doses, não tem como agendar mais ninguém. É igual a comprar ingresso para um show. Se só tem 1000 lugares eu não posso vender 1001. As pessoas precisam entender que existe um limite. Se recebermos mais doses, vamos ofertá-las o mais rápido possível”, concluiu.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.