Secretário de Educação de Caturité acusa Governo de perseguição

O secretário de Educação do município de Caturité, Laudemiro Lopes de Figueredo Filho, denunciou que Governo Maranhão III encerrou convênio com  o município que garantia recursos para o transporte escolar, por conta de perseguição política.

O fato tem levado o município a arcar sozinho com as despesas relativas ao transporte, incluindo os estudantes da rede estadual de ensino. “Eles justificam que é uma questão burocrática, mas na verdade acreditamos que seria empecilho político, porque nós não seguimos as orietações do governo atual”, comentou.

De acordo com o secretário, o convênio foi encerrado há um ano e, desde então, o município solicita que o Estado renove a parceria, já que o município não tem recursos suficientes para custear este tipo de despesa sozinho.   

 “No governo anterior tínhamos uma parceria que nos ajudava a pagar os custos com transporte escolar dos estudantes, mas atualmente, esse com governo que assumiu o estado da Paraíba  nós não conseguimos renovar o contrato por causa da impossibilidade do atual governo de construir uma parceria com todos os municípios independente de partido A ou B, independente se erámos ou não ligados ao grupo anterior”, comentou o secretário.

O secretário disse que o município está transportando os cerca de 400 alunos da rede estadual para não deixá-los sem ter como ir até a escola. “Um governo de bom senso arca com suas depesas na parte estadual, aí sim é feita uma parceria de verdade”,criticou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.