Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Secretaria de Portos revoga concorrência para obras do Porto de Cabedelo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A Secretaria de Portos revogou a licitação pública das obras de recuperação do Porto de Cabedelo. A decisão vai ao encontro de orientação do Tribunal de Contas da União (TCU), cuja fiscalização identificou uma série de irregularidades no processo de licitação. A auditoria do TCU detectou ausência de estudos de viabilidade econômica da obra, falta de licença ambiental e sobrepreço de mais de R$ 12 milhões nos custos unitários de serviços de engenharia.

O trabalho realizado pelo Tribunal apontou necessidade de se paralisar o procedimento licitatório do Porto de Cabedelo, até que sejam esclarecidas as inconformidades detectadas. O volume fiscalizado pela Secretaria do TCU na Paraíba alcançou o montante de quase R$ 50 milhões.

Versão – Sobre o assunto, o deputado estadual Leonardo Gadelha foi à tribuna da Assembleia na tarde de ontem para dizer que não houve desídia da bancada paraibana na suspensão da licitação para o aprofundamento do calado no porto de Cabedelo. Segundo Leonardo, as informações sobre o tema seriam "extraoficiais". Apesar disso, é possível verificar, no site do TCU, que elas são oficiais.

“Se essa informação se confirmar, acredito que o problema poderá ser facilmente resolvido por se tratar um vício sanável”, disse Leonardo. O deputado voltou a salientar a importância de Cabedelo para o desenvolvimento do estado. “Não há estado desenvolvido sem um canal adequado para o escoamento da produção. Precisamos continuar unidos no propósito de garantir o aprofundamento do calado no porto de Cabedelo”.

Leonardo, que é membro do Comitê Paraibano em Defesa do Porto de Cabedelo, garantiu que as forças políticas paraibanas “não pouparão esforços no sentido de garantir uma reavaliação por parte do TCU tão logo sejam sanados os vícios encontrados na licitação”.

Durante o pronunciamento vários deputados apartearam Leonardo. Da discussão, surgiram duas consequências práticas. “O envio de um requerimento assinado por todos os deputados solicitando a celeridade na apreciação das correções, uma sugestão do deputado Rodrigo Soares (PT)”. Uma comissão de deputados também deverá ser formada para ir até Brasília. “Essa foi uma sugestão do deputado Expedito Pereira (PSB) e nós vamos discutir a proposta com todos os colegas da casa”. Leonardo finalizou o discurso convocando toda a sociedade para continuar a luta em defesa do porto de Cabedelo.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

cartaxo12

Ainda internado, Luciano Cartaxo pode receber alta médica ainda hoje

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa

acidentetransito (1)

Câmara de João Pessoa debate Maio Amarelo pela paz no trânsito