Sargento da Polícia Militar é preso em Pedras de Fogo acusado de atirar contra carro em confusão

Um sargento da Polícia Militar foi preso por volta das 23h de ontem pela PM suspeito de disparar um tiro durante uma confusão em Pedras de Fogo, na Paraíba. O fato aconteceu na noite desse sábado (14). O sargento estava de atestado médico e foi encontrado no bairro da Mangueira, em Pedras de Fogo.

O policial de 51 anos foi levado para a Delegacia de Polícia Civil em Pedras de Fogo. A Corregedoria da Polícia Militar vai acompanhar o caso do policial acusado de disparar um tiro contra um veículo na tarde de ontem.

Segundo as primeiras informações, no início da tarde do sábado, a Polícia Militar foi até o Sítio Campo Verde onde uma mulher de 47 anos alegou que foi abordada por quatro carros na PB-030, de onde saíram homens que tentaram intimidá-la. Dois veículos chegaram com pessoas em sua defesa, incluindo o sargento.

Ainda segundo a mulher, ela não ouviu o disparo de arma de fogo. A PM havia recebido a informação por telefone de um homem denunciando que o policial teria atirado contra um veículo modelo Jeep Renegade, tendo o homem encaminhado o vídeo à polícia.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.