Sandra cobra retorno de pessoenses que foram ao MT trabalhar na Sadia

A vereadora Sandra Marrocos (PSB) usou a tribuna da Câmara Municipal na manhã de hoje para cobrar o retorno urgente dos pessoenses que foram à cidade de Lucas do Rio Verde para trabalhar na fábrica da Sadia. Sandra repercutiu uma denúncia publicada ontem no Parlamentopb e acrescentou ter visitado a família de um dos trabalhadores que se queixa de descumprimento de promessas feitas pela empresa e também da violência que existe no município:

"Estive em uma reunião no conjunto Gervásio Maia e a família de um dos trabalhadores me contou que a situação lá no Mato Grosso é muito preocupante. Segundo o relato do rapaz, o clima de violência lá é horrível e falta policiamento na cidade. Nós queremos que a Sadia providencie o retorno desse pessoal, assim como ela destinou um ônibus para leva-los. O Sine de João Pessoa já acionou o Ministério do Trabalho e esse caso precisa ser apurado", disse a vereadora socialista.

As queixas dos pessoenses dizem respeito a descontos indevidos e cobrança de taxas por serviços que haviam sido prometidos de graça, como forma de atrair interessados para ocupar as vagas de trabalho oferecidas na unidade de Lucas do Rio Verde. Eles também afirmam que o tráfico de drogas, a prostituição e a violência são problemas presentes nas proximidades da vila onde os trabalhadores ficam alojados.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.