Sales Gaudêncio afirma que corte na verba da UEPB foi grande equívoco

Uma reunião entre o governador José Maranhão, o procurador geral do Estado, Marcelo Weick e o secretário de Educação foi o determinante para que a dotação orçamentária da Universidade Estadual da Paraíba fosse mantida. A informação foi dada hoje pelo secretário da Educação, Sales Gaudêncio, em entrevista à Rede Paraíba Sat.

Ele confirmou a tese divulgada pela reitora Marlene Alves para explicar o corte nas verbas. Segundo Sales, havia uma estimativa de orçamento, deixado pelo governo anterior e essa previsão não se concretizou. Com a queda na arrecadação, o Governo teve que promover cortes em quase todos os órgãos da administração direta e indireta.

"Foi um grande equívoco. A UEPB tem uma missão a cumprir. Ela está acobertada por lei e não poderia entrar no rol dos demais órgãos. O caso já foi resolvido. Nós estamos estreitando nosso relacionamento e temos uma agenda técnica e administrativa para os próximos dias", disse Sales.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.